Como mapear um Fluxo de Valor?

Por que e como você deve construir um Mapeamento de Fluxo de Valor (Value Stream Mapping) como um caminho seguro para iniciar a trilha de transformação de DevOps

Mudança Cultural de DevOps: Orientação à Valor

Atualmente, muito tem se falado no mercado de TI sobre DevOps e como essa mudança pode transformar o modo como as organizações trabalham para atingir os benefícios prometidos como: acelerar as entregas para atender as demandas, maior estabilidade através de repetição e constantes feedbacks, maior engajamento das pessoas com equipes multidisciplinares dispostas a abraçar as mudanças. Enfim, entregar o maior valor possível sempre.

O apelo para adoção da cultura DevOps nunca foi tão grande. Além dos benefícios citados acima, existem os riscos cada vez maiores associados à não-mudança. A medida que as organizações não se adaptem à novas expectativas, novas oportunidades e novas realidades geradas pelo avanço da tecnologia, elas correm o risco de perder mercado para aquelas que de algum modo incentivaram e aceleraram a entrega de valor. Quão rápido pode reagir sua empresa se uma startup começa a atacar parte de seu mercado?

Entretanto, as organizações se deparam frequentemente, para não dizer sempre, com barreiras de adoção dessas novas práticas, padrões e mudanças culturais. A causa está relacionada ao mindset das pessoas dentro das equipes não estar alinhado com essa nova abordagem e formas de trabalho.

DevOps não é apenas um conjunto de práticas ou ferramentas que as organizações podem instalar ou implementar. Mas sim, uma mudança de cultura organizacional, uma abordagem de trabalho orientada a acelerar entregas, otimizar sempre e obter o maior valor possível para o negócio nas entregas.

Essa mudança cultural abrange a organização em todos os níveis: desde os executivos, para se alinhar com os objetivos de negócios, até os níveis de táticos e operacionais, incluindo o middle-management para cada vez mais ir integrando novas tecnologias e automações para que seja possível entregar um valor cada vez maior simultaneamente a alocar os recursos existentes de forma ótima.

Mudança de Mindset

O núcleo dessa transformação cultural é a mudança de mindset. Para suportar essa nova abordagem é requerido uma nova forma de pensar o trabalho a ser feito sempre orientadas a valor de entrega, colaboração, abraçar e incentivar as mudanças e uma visão fim-a-fim dos fluxos de valor.

Resumindo, uma parte importante dessa mudança cultural contendo os atributos citados deve ser:

  • DE controlar as mudanças PARA incentivar as mudanças
  • DE silos funcionais PARA fluxos de valor

Mapeamento de Fluxo de Valor

Uma das melhores táticas para iniciar na transformação e promover a mudança de mindset como vimos é a utilização do Value Stream Mapping (VSM) ou Mapeamento de Fluxo de Valor.

Um fluxo de valor dentro da organização de TI ilustra todas as atividades e processos requeridos para atender uma solicitação de cliente desde a solicitação até a entrega, independentes de organizações funcionais e indo até o valor recebido pela entrega.

O mapeamento do fluxo de valor é uma ferramenta valiosa para:

  • Tornar o trabalho e os processos visíveis para ajudar a orientar as decisões e identificar as oportunidades de melhorias claramente e baseados em dados quantitativos. Por onde começo para duplicar a eficiência das entregas?
  • Criar um entendimento comum entre as equipes em relação ao fluxo de valor das atividades facilitando a visualização de pontos de otimização, melhorias e aceleração do fluxo.
  • Identificar quantitativamente as atividades que geram e as atividades que não geram valor no fluxo, e deste modo, visualmente promover ações de contramedidas para otimização de restrições e de reduzir e eliminar desperdícios.
  • Ser o ponto de partida para melhoria contínua na medida que o fluxo uma vez mapeado pode ser iterativamente otimizado (Kaizen – práticas de melhoria contínua dos processos).

Esses benefícios do mapeamento de fluxo de valor são chaves para promover a mudança de mindset listadas. Por isso, o mapeamento de fluxo de valor é considerado o caminho seguro para iniciar a trilha de transformação de DevOps.

Como criar o seu primeiro Mapeamento de Fluxo de Valor

Com o objetivo de orientar os nossos clientes na trilha de transformação DevOps e reconhecendo a importância de se começar esse caminho de forma consistente, de modo a suportar as mudanças culturais necessárias, elaboramos um passo-a-passo para a criação de Mapeamentos de Fluxos de Valor.

O Mapeamento de Fluxo de Valor geralmente é um exercício em equipe e deve envolver representantes de todas as áreas dentro do processo que está sendo mapeado, esse processo deve ser facilitado e liderado por uma pessoa com experiência na criação de mapas de atividades e processos.

Este roteiro de criação tem a finalidade de familiarizar as pessoas com os passos necessários para criação de mapas de fluxo de valor.

O Mapeamento de Fluxo de Valor é uma técnica conhecida do processo Lean e, por isso tem uma forte orientação a melhoria contínua.

Abaixo ilustrado o processo de criação do Mapeamento do Fluxo de Valor:

Na primeira fase do processo, temos a identificação e definição do escopo a ser mapeado. Ou seja, qual o fluxo de valor de um serviço ou entrega será objeto do mapeamento. Para auxiliar nesta fase, veja o artigo “por onde começar”. Além de outras técnicas de avaliação de prioridades como atividades compartilhadas por serviços.

 

Na segunda fase, temos a criação do mapa gráfico do estado atual do fluxo de valor do processo. Nesta fase temos atividades como:

  • Mapear o Processo
  • Coletar e Adicionar os Dados ao Processo
  • Criar uma Linha de Tempo dos Processos no Fluxo
  • Analisar os Resultados e Métricas

Com o mapa gráfico do estado atual do fluxo de valor do processo pronto, entramos na terceira fase que é identificar as oportunidades de melhorias desenhando mapas de estado futuro.

Ao final, como resultado das oportunidades identificadas, é elaborado um plano de implementação de melhorias compreensível e que permite a comparação quantitativa das melhorias bem como a priorização por valor.

Para maiores detalhes das fases do processo com um passo-a-passo de criação do seu primeiro Mapeamento de Fluxo de Valor e métricas chave para determinar a eficiência, faça o download do arquivo!

Aceito receber novos posts por e-mail.

 


Leave a Reply